Se sentir mal na presença de outra pessoa: Será espiritual?

As pessoas naturalmente se amam, se odeiam, se toleram ou se afastam. Tudo isso faz parte das dinâmicas sociais e varia conforme a afinidade entre os seres. Mas existem casos curiosos onde um ser humano pode se sentir mal na presença de outra pessoa mesmo sem ter motivos aparentes para isso. Nestes casos surge uma dúvida sobre esse fenômeno: será que é uma questão espiritual?

Esse fenômeno é mais comum do que parece e a maioria das pessoas já experimentou sensações estranhas ao se aproximar de alguma pessoa, independentemente de ser conhecida ou não.

É comum que pessoas sintam dores de cabeça, arrepios, raiva, tristeza, enjoos, mal-estar e uma ampla variedade de sintomas ao se aproximar de alguém.

Na ausência de explicações naturais ou psicológicas, estes sintomas podem indicar que as origens dessa situação podem estar pautadas em causas espirituais.

Se sentir mal na presença de outra pessoa pode ser sinal de mediunidade?

Se sentir mal na presença de outra pessoa

Em alguns casos, pessoas podem ter uma grande sensibilidade espiritual, captando a realidade espiritual à sua volta e experienciando essa realidade em seu próprio organismo.

Desta forma, uma pessoa pode sentir e sofrer com a ação de energias espirituais negativas ou incompatíveis com seu organismo, gerando uma série de repercussões em seu corpo, mente e emoções.

Assim, a pessoa dotada deste tipo de sensibilidade espiritual pode acabar agindo como uma antena receptora de energias espirituais diversas, captando cargas espirituais e sentindo a energia de pessoas, objetos e ambientes.

Pessoas assim são comumente chamadas de empatas, sensitivas e até de esponjas espirituais (por sua capacidade de absorver energias). Este é, sem dúvidas, um tipo de mediunidade que proporciona experiências bastante complexas.

A mediunidade sensitiva é um tipo mediúnico bastante desafiador para seus portadores, pois o médium pode acabar se sintonizando com uma grande variedade de energias espirituais densas e prejudiciais quando não se encontra equilibrado e fortalecido espiritualmente.

Leia também:  Como desenvolver a mediunidade sozinho?

Afinal, por que o sensitivo não se sente bem perto de algumas pessoas?

Se sentir mal na presença de outra pessoa

Como explicamos anteriormente, o sensitivo experimenta a realidade espiritual à sua volta com grande intensidade, sentindo literalmente “na pele” tudo o que é de bom ou mau na vibração espiritual que o cerca.

Assim, quando o sensitivo se aproxima de uma outra pessoa, ele experimenta a realidade espiritual emanada por ela. Isso ocorre tanto com energias positivas quanto com energias negativas que estejam com a pessoa.

No caso do empata se sentir mal na presença de outra pessoa, isso pode ocorrer por ele estar captando uma energia que não é compatível com sua vibração espiritual primária.

Assim, seu corpo de energia reage na tentativa de se defender e isso pode gerar certas repercussões orgânicas, incluindo enjoos, bocejos, sono excessivo e mal-estar geral. Neste tipo de situação, os chakras do sensitivo são sensibilizados, respondendo de maneira acentuada aos estímulos espirituais exteriores.

O resultado dessa atividade anormal dos chakras do sensitivo é uma série de sintomas físicos, intelectuais e emocionais. Em alguns casos, o sensitivo pode sentir grande ansiedade ao se aproximar de pessoas espiritualmente ansiosas, sentir muita tristeza perto de pessoas espiritualmente muito tristes e assim por diante.

E o mais curioso com relação a este fenômeno é que a pessoa que causa o mal-estar no sensitivo pode se sentir normal, não percebendo que sua energia está vibrando de uma forma prejudicial.

Aliás, ela pode se sentir muito melhor na presença do sensitivo, pois o mesmo alivia um pouco o seu fardo energético ao atrair suas energias negativas para si.

Isso ocorre porque as pessoas se acostumam com seus próprios padrões espirituais, se sentindo normais mesmo em uma atmosfera espiritual opressora. Essa ignorância sobre a própria atmosfera espiritual é o que mais afunda o ser humano, atraindo espíritos obsessores e outras energias densas.

Mergulho Interior

Leia também:  Como desenvolver a espiritualidade?

É por isto que batemos bastante na tecla da importância do autoconhecimento, pois somente quando deixamos de ser ignorantes sobre nós mesmos é que podemos trabalhar de maneira eficaz em nossa evolução e fortalecimento espiritual.

A sintonia espiritual e a aversão à uma pessoa

sensitivo se sentir mal na presença de outra pessoa

O sensitivo só sofre com as energias de outras pessoas quando não possui defesas espirituais suficientes para reagir de maneira adequada à aproximação das energias discordantes.

É neste ponto em que a importância da sintonia espiritual se faz mais evidente, pois apesar do sensitivo ser reativo às impressões espirituais das outras pessoas, ele só poderá ser prejudicado por elas se possuir afinidade com essas energias.

Assim, se você é médium sensitivo e sente aversão à uma pessoa ou se sente mal em determinados ambientes ou na presença de certas pessoas, não tenha medo. Pois mesmo sentindo essas vibrações, o que determinará os efeitos dessas energias espirituais em você será sua vibração espiritual.

A aversão às pessoas com energia negativa é um sintoma de que sua própria atmosfera energética está lhe defendendo. Portanto, isso não é um fenômeno negativo. Afinal, se você se sintonizasse com a energia da pessoa, você se sentiria bem na sua presença, independentemente da energia da pessoa ser prejudicial.

Portanto, experimentar essas sensações lhe serve de aviso para se afastar mas não deve ser motivo de perturbações maiores. Pois se você não permitir que a energia negativa da outra pessoa lhe influencie, você não sofrerá mais após se afastar da fonte desta energia.

Não me sinto bem na presença de algumas pessoas, como posso me defender?

sensitivo defesa energia das pessoas

Se você possui a sensibilidade espiritual que lhe proporciona essa percepção sobre as interações energéticas do plano espiritual, você possui uma ferramenta de defesa muito grande.

Porque enquanto a maioria das pessoas não percebe esses conflitos energéticos, você os percebe e pode agir para se proteger. Informação é poder, e neste caso, sua sensitividade é sua maior aliada para evitar pessoas, ambientes e situações prejudiciais.

Leia também:  Sentir cheiro de vela: Significado

Uma das melhores maneiras de se proteger das energias negativas emanadas de outras pessoas é você manter sempre sua atmosfera espiritual limpa, elevada e propícia ao seu bem-estar.

Portanto, evite se sintonizar com padrões de pensamentos negativos, evite a maledicência, os vícios, o apego aos instintos animalescos e acima de tudo, cuide de seus pensamentos, palavras e ações.

Pratique meditação e faça uma limpeza psíquica regularmente. Além disso, realize orações antes de dormir, pois é neste momento onde a ação dos espíritos obsessores se torna mais evidente.

Além disso, procure desenvolver sua espiritualidade, pratique exercícios para aumentar sua energia espiritual e procure sempre manter sua liberdade espiritual.

Agindo assim, você se tornará cada vez mais equilibrada e sofrerá cada vez menos com a ação das energias negativas presentes em outras pessoas, ambientes e objetos.

Ainda, se você acredita que é médium, é recomendado que você desenvolva sua mediunidade. O desenvolvimento mediúnico acompanhado de uma reforma íntima é uma das melhores formas de promover maior controle dos médiuns para com suas habilidades.

A sensibilidade espiritual é uma das melhores ferramentas para a sua evolução espiritual. Por isso, se você se sente mal na presença de outras pessoas, investigue as razões que te levam a isso.

Talvez você consiga aprender muito mais sobre si mesma, sobre os outros e sobre o mundo espiritual. Compreenda que todos os seres humanos vivem imersos em uma mesma pátria espiritual, sendo todos irmãos e compartilhando entre si suas próprias emanações espirituais.

Por isso, cuide de suas vibrações, pensamentos, palavras e ações, pois agindo assim você se protegerá e ao mesmo tempo auxiliará seus irmãos espirituais que precisam tanto do Amor do Criador.


Gostou do artigo? Então COMPARTILHE!!


Mergulho Interior


Deixe uma resposta