Liberdade espiritual – O que é? Como desenvolver?

O mundo atual é repleto de vigilância, normas e cobranças sociais, fazendo com que cada vez mais pessoas nutram o desejo pela liberdade. Mas esse desejo não é motivado somente pelas dinâmicas sociais. Ele também reflete uma necessidade de liberdade espiritual que todo ser humano possui em seu interior. Mas como ter liberdade espiritual? O que será que isso significa?

O que significa ter liberdade espiritual?

Ter liberdade é poder agir conforme sua Vontade, independentemente de qualquer bloqueio ou limitação. A liberdade espiritual não é diferente, ela denota a liberdade da pessoa agir de acordo com sua Vontade em concordância com as aspirações do seu Espírito, desconhecendo limitações exteriores à sua própria essência divina.

Apesar de muito desejada, a liberdade espiritual não é obtida sem muita luta. É difícil dizer isso e a grande maioria das pessoas pode ranger os dentes ao ouvir esta afirmação, mas infelizmente ela é verdadeira. A grande maioria dos seres humanos se encontra em um estado de total servidão espiritual, sofrendo bastante e sentindo um enorme vazio existencial.

A liberdade espiritual exige renúncia ao mundo?

Ter liberdade espiritual é atuar em total concordância com a sua essência divina, com a sua consciência, com a sua própria verdade interior. Essa liberdade não é possível quando a pessoa se encontra necessitada da aprovação dos outros, da obediência à dogmas, regras sociais e dos variados prazeres materiais.

Mas isso não quer dizer que para ser livre você deve abandonar tudo, deixar de apreciar os prazeres da carne e transgredir leis e normas sociais. Aliás, a liberdade espiritual é exatamente o oposto, ela é a liberdade de agir conforme a Vontade do seu Espírito e não conforme a vontade da sua carne.

Assim, uma pessoa livre espiritualmente não precisa deixar de apreciar boa comida, boa bebida, bons modos e nem mesmo precisa deixar de obedecer as leis de seu País. A pessoa que é livre espiritualmente pode usufruir e possuir de tudo, desde que não se torne dependente e escrava do que usufrui e do que possui.

Quem é livre espiritualmente é fiel somente ao que é conveniente para seu Espírito, para sua essência divina e para sua evolução espiritual. Assim, a pessoa que é livre espiritualmente não se dobra à vontade de nenhuma pessoa ou entidade espiritual nem à leis e pressões sociais que venham a ser contra a sua consciência.

Leia também:  Como afastar maus espíritos do quarto de dormir? Aprenda agora!

A pessoa que é livre espiritualmente não é escrava das próprias emoções, dos seus instintos humanos básicos e nem dos seus pensamentos. Ela pode passar forme e se manter inabalável, ela pode ser humilhada e permanecer em seu caminho, ela pode até mesmo enfrentar a própria morte e ainda assim continuar em seu objetivo.

A conquista da liberdade espiritual é possível?

Sim, é possível. O ser humano possui em seu interior uma sabedoria espiritual que lhe guiará para o caminho certo. A servidão humana consiste em não ouvir essa voz silenciosa que se encontra dentro de cada um de nós, a sublime voz da nossa consciência. Quando não ouvimos essa voz, que é nossa bússola espiritual, perdemos nosso caminho e nos tornamos tristes.

Por isso, se você quer ser livre espiritualmente, deixe de ser guiado pelas suas emoções, instintos básicos, situações e pessoas, transcenda tudo isso. Essa tarefa não é fácil, se assim fosse não teríamos uma humanidade totalmente doente e prisioneira das suas próprias paixões.

Para ser livre espiritualmente basta observar o que realmente você é enquanto uma criatura espiritual, abolindo de si mesmo todo e qualquer pensamento, emoção, palavra ou ação que vá contra a sua verdadeira essência. Por isso, é importante que você desenvolva essa noção de quem você realmente é.

O problema de não ser livre espiritualmente

A maioria das pessoas está em empregos que elas odeiam, onde se sentem extremamente péssimas como se algo em seu interior dissesse que está tudo errado. Mas ainda assim elas se mantém nessa situação por medo, pressão social ou até mesmo por amor à sua família, pensando que não há outra forma de sustentá-la.

Algumas pessoas se encontram presas em casamentos e relacionamentos abusivos por conforto financeiro, por medo da mudança, por amor aos filhos ou por uma grande variedade de falsas justificativas. Mas no final das contas elas estão vivendo guiadas pelas circunstâncias, sendo escravas de tudo e de todos.

Leia também:  Sentir cheiro de incenso do nada: Significado espiritual | Espiritismo
Mergulho Interior

Por outro lado, algumas pessoas abandonam tudo e se jogam no mundo em busca de uma espécie de liberdade ilusória, acreditando que são livres quando se livram de suas famílias e dos demais vínculos sociais, se entregando à satisfação dos seus próprios prazeres. Isso não é liberdade, isso ainda é escravidão, a escravidão dos prazeres.

Ainda, algumas pessoas são escravas das próprias crenças, morrendo de medo da punição ou da privação da graça divina, colocando isso como bússola para todas as suas ações. Assim, elas deixam de agir conforme sua consciência e essência espiritual, entrando em conflito consigo próprias e levando uma vida repleta de sofrimento interior.

Tudo isso é servidão espiritual, pois a pessoa ainda se guia pelo que é exterior e não pelo seu interior. Mas então, como diferenciar o que é externo do que é interno? Como saber se você está agindo livremente ou se está sendo motivada por fatores externos?

Afinal, na prática, como conquistar a liberdade espiritual?

Isso só é possível através do autoconhecimento, através do desenvolvimento da capacidade de se observar sobre todos os aspectos. O conhecimento de quem você realmente é só se dá através de um longo e árduo trabalho sobre si mesma.

Mas então, o que fazer? Como começar a me conhecer para ser livre? Uma das melhores formas de conhecer a si mesmo é questionar todas as suas ações, adentrando ao âmago do que as motivou.

Se você ficou irritado com alguém ou se sentiu medo de algo, se questione o porquê. Não se contente com respostas superficiais, adentre em si mesmo com toda a vontade de descobrir quem você realmente é.

Ainda, você pode iniciar práticas de meditação e começar a aprender como seus pensamentos fluem dentro de você. Você ficará chocado com a grande quantidade de lixo que transita pela sua mente sem parar. Todo esse lixo move você, guiando você de um lado para o outro como um cão que corre atrás do próprio rabo tentando mordê-lo.

Através da meditação você aprenderá a observar e se tornar consciente sobre o que está acontecendo em seu interior. Em nosso blog você encontra diversos exercícios de meditação e visualização que podem te ajudar. Mas você também encontra diversas técnicas de meditação na internet.

Leia também:  Pessoas com energia negativa como identificar

Você pode realizar o exercício de limpeza psíquica antes de dormir e muitos outros, incluindo a limpeza dos chakras. Tudo isso lhe ajudará a se tornar mais consciente de si mesmo e livre das influências exteriores. Além disso, procure desenvolver sua espiritualidade. Essas ações melhorarão sua conexão com sua essência divina e te ajudarão no ganho de liberdade espiritual.

Então, realize essas e outras meditações e exercícios espirituais regularmente nutrindo a vontade de conhecer a si mesmo. Além disso, desenvolva sua intuição e esteja sempre atento às mensagens que a sua essência espiritual lhe envia. Elas podem vir como uma sensação sutil de que algo está certo ou que está errado sem nenhuma justificativa racional.

Corte de sua vida tudo o que for nocivo ao seu crescimento e desenvolvimento espiritual. Se for um vício, corte-o. O próprio processo de eliminar algum vício já é um grande laboratório para que você observe e conheça a si mesmo.

Pois é durante os momentos difíceis que você perceber as forças externas agindo em você para tentar te seduzir e fazê-la tomar o caminho mais fácil. Ou seja, se você procura eliminar um comportamento que você julga prejudicial, todos os fatores externos que instigam esse comportamento irão tentar te dissuadir, desafiando sua Vontade.

Conclusão

Para ter liberdade espiritual você precisa tomar as rédeas de si mesmo e isso não é fácil, mas é completamente possível. Conforme você for avançando no domínio sobre si mesmo, você terá mais força e capacidade para se conhecer e se corrigir até que você consiga agir de acordo com a sua espiritualidade e não com a sua carne.

Dessa forma, você terá uma grande liberdade espiritual independentemente das influências de espíritos obsessores, das pessoas, emoções, da mente e do seu corpo. Essa liberdade te conduzirá para a sua evolução e para um estado de maior felicidade e harmonia onde o Ser espiritual já se tornou realidade.


Gostou do artigo? Então COMPARTILHE!!


Mergulho Interior


Deixe uma resposta