Arrepios no couro cabeludo

Arrepios no couro cabeludo são normais ou podem ser sinais de mediunidade?

Existem arrepios no couro cabeludo que têm origem orgânica, mas alguns têm origem na mediunidade. Vamos analisar primeiramente o que são estes arrepios e quais são suas causas mais comuns.

Também chamada de parestesia do couro cabeludo, as sensações de arrepio, formigamento, pressão, frio ou calor são muito comuns em pessoas espiritualmente mais sensíveis. No entanto, estes sintomas podem ter causa orgânica e uma visita ao médico sempre é bastante indicada nesse cenário.

Mas é claro que mesmo indo a um profissional da saúde, sabemos que sentir um arrepio no topo da cabeça em um momento de tranquilidade é bem estranho. Costumamos nos perguntar: “Arrepio na cabeça? No couro cabeludo? O que pode ser?”.

Se você tem essas dúvidas, fique tranquilo! Neste artigo você irá aprender sobre os arrepios no couro cabeludo, sensações de formigamento no couro cabeludo, pressão, calor ou frio, coceira e outros sintomas relativos ao tema que sejam de origem espiritual ou orgânica.


Explicação física para os arrepios na cabeça

Algumas das causas mais comuns dessas sensações estranhas no couro cabeludo incluem:

  • Alergias
  • Hipertireoidismo
  • Ansiedade
  • Distúrbios Hormonais (Menopausa)
  • Enxaqueca

Como todo sintoma físico, recomenda-se uma visita ao médico para que as causas orgânicas possam ser identificadas. Lembre-se que você deve partir para a abordagem espiritual apenas caso não haja nenhuma explicação natural. Analise por todos os sentidos, cerque as hipóteses e depois vá para o outro lado.

Explicação espiritual para os arrepios no couro cabeludo

Primeiramente precisamos contextualizar a questão dos arrepios. Afinal, a explicação orgânica do fenômeno é a mais provável se ele acontece em momentos de muito estresse, ansiedade ou até mesmo em grandes choques emocionais.

Isso acontece porque as pessoas movimentam muito as energias em seus pontos de energia (Chakras) nesse tipo de situação. E, claro, nem sempre essa movimentação é positiva, se for feita inconscientemente.

Portanto, se o arrepio no couro cabeludo ocorre em algum momento de aparente tranquilidade você pode desconfiar de alguma movimentação energética natural no seu chacra coronário. Afinal, ele recebe e envia vibrações sutis a todo o tempo, assim como nossos computadores, celulares e outros dispositivos, sabe?

Leia também:  O que significa sentir cheiro de flores de velório?

Isso ocorre com muito mais frequência em pessoas mais sensíveis às vibrações do mundo espiritual. Até mesmo por isso que elas são conhecidas como sensitivas, sendo pessoas que sentem energias advindas de outros planos.

No entanto, é sempre bom ressaltar outras hipóteses, não é mesmo? Existe, por exemplo, a possibilidade de que seu corpo de energia esteja reagindo à aproximação de algum espírito ou entidade astral que possa estar no seu ambiente.

Isso pode acontecer se este arrepio vier acompanhado de sensações estranhas, tais como tristeza sem motivo, vontade de chorar, frio no corpo ou arrepios no corpo. Para se proteger contra ações nesse sentido, o ideal é se desenvolver espiritualmente.

Por fim, se a sensação for de formigamento ou eletricidade, ao invés de arrepio, a causa pode ser apenas uma movimentação energética natural no seu chacra coronário. Esse tipo de ação geralmente é causada por processos naturais dos nossos corpos de energia.

Para entender melhor o mecanismo do arrepio causado por presença espiritual vamos entender como funcionam os nossos chacras.

Nossos chacras funcionam emitindo e absorvendo energias e às vezes podem ocorrer anomalias nesses movimentos de emissão e absorção. Quando isso atinge pessoas com a sensibilidade espiritual mais aflorada, médiuns ou sensitivos, essas reações orgânicas acabam sendo muito mais fortes.

Nesses casos, diversas sensações podem acontecer, como vimos anteriormente. É bastante comum perceber algo como formigamentos, calafrios, pressão, frio ou calor ou até mesmo dor!

Se pararmos para analisar os processos meditativos, podemos observar os relatos de algumas pessoas sensitivas. Muitas delas sentem formigamentos, arrepios no topo da cabeça e no resto do corpo, além de pressão, sensação de calor ou frio ou até mesmo sensação de estar “flutuando”.

Após descartar a origem orgânica e se perceber que a explicação pode ser espiritual, você deve estudar um pouco mais sobre a espiritualidade e mediunidade. Caso se interesse poderá aprender como desenvolver a mediunidade no nosso blog.

Leia também:  Como saber se sou médium – Descubra agora - Tipos de mediunidade
Mergulho Interior

Alguns decidem desenvolver a mediunidade em centros espíritas estudando o espiritismo de Allan Kardec, outros em centros de umbanda, em ordens iniciáticas e alguns inclusive entram em igrejas. Afinal, tudo acontece da mesma forma, apenas modificando o nome.

A questão é buscar o que mais te faz sentir tranquilo e seguir este caminho com toda serenidade e bem estar. Os fenômenos espirituais não são um problema, são uma oportunidade valiosa para o autoconhecimento e para ajudar ao próximo.

Saiba Mais >> Conheça nosso e-book de desenvolvimento espiritual e autoconhecimento

Está sentindo arrepios no couro cabeludo e quer interrompê-los?

Comece a praticar a meditação, ela te ajudará a lidar melhor com essas situações. Além disso, a prática certamente te auxiliará a controlar melhor as energias espirituais que o cercam. Afinal, a prática regular de exercícios meditativos reduzirá as sensações incômodas causadas por aproximações espirituais ou energéticas do baixo astral.

Agora, se você quiser aprender práticas simples de meditação e desenvolvimento mediúnico dê uma conferida neste artigo: Como desenvolver a mediunidade sensitiva. Mas vale ressaltar que existem diversas técnicas para equilibrar sua mediunidade, sendo cada uma delas apropriada para determinadas pessoas.

Além disso, elas podem ser mais rápidas para alguns e mais lentas para outros. Para facilitar o seu caminho, eu recomendo que você inicie uma jornada que lhe ajude respeitando suas próprias características. Recomendo que você clique aqui e dê uma olhada neste ebook, pois ele pode lhe ajudar a equilibrar sua mediunidade.

Quer aliviar esta sensação e passar a controla-la?

Vamos para uma prática de meditação fácil, rápida e que qualquer um pode fazer sem problemas. Ela te trará benefícios, pois caso algum espírito esteja te causando estes arrepios no couro cabeludo, o mesmo irá se retirar do ambiente por simples questão de afinidade energética.

  1. Sente-se confortavelmente com a coluna ereta e inspire profunda e lentamente pelo nariz, expire de igual modo, pelo nariz.
  2. Preste atenção na sua respiração e caso não se sinta confortável fazendo isso, imagine uma paisagem ou objeto. Tente permanecer focado nessa imagem enquanto a respiração vai te relaxando.
  3. Você perceberá uma quantidade absurda de lixo mental passando pela sua mente tentando te distrair, isso é normal e não deve ser motivo para desistência. Este lixo está ai o tempo todo, porém você só percebe isso durante a meditação.
  4. O segredo para lidar com os pensamentos que vêm e tiram o seu foco é voltar a atenção à sua respiração sempre que percebê-los. Isso claro, sem reclamar mentalmente. Simplesmente volte o seu foco para a respiração ou visualização.
  5. Quando sentir que está completamente relaxada, comece a visualizar uma luz violeta saindo do topo da sua cabeça e enchendo o ambiente em que você está com amor, paz, tranquilidade, felicidade.
  6. Quando sentir que impregnou este local de forma suficiente, você poderá encerrar a meditação e já terá feito um trabalho prévio de limpeza espiritual do seu ambiente e de seu campo energético.
Leia também:  Como desenvolver a mediunidade sensitiva

Conclusão

Repita este exercício todos os dias e você verá que as sensações espirituais incômodas começarão a desaparecer. Certamente elas darão lugar às sensações boas que começarão a aflorar.

Talvez você também perceba uma melhoria geral no seu ambiente, tendo menos brigas e mais harmonia. E harmonia é tudo o que precisamos para levar a vida de uma maneira mais tranquila, não é mesmo?

A meditação irá te auxiliar bastante e eu recomendo que você cogite a possibilidade de desenvolver a sua espiritualidade cada vez mais. Afinal, a vida é muito mais leve e fácil de ser vivida quando estamos em harmonia.

Por fim, lembre-se de nunca negligenciar as sensações espirituais. Elas estão sendo sentidas por serem reais e precisam ser trabalhadas de alguma forma para que você possa dominá-las e evitar que causem danos a sua qualidade de vida.

Gostou desse artigo? Caso queira se aprofundar um pouco mais no assunto, você pode conhecer o nosso e-book sobre desenvolvimento espiritual clicando aqui ou ler inúmeras outras informações sobre mediunidade e meditação aqui mesmo no nosso blog!

Recomendo fortemente que você acesse nossa página com todos os artigos de mediunidade, neste link.

Como desenvolver a mediunidade sozinho

Como desenvolver a clarividência
Como ativar a Glândula Pineal

Como desenvolver a espiritualidade

Como desenvolver a mediunidade de cura

Como desfazer magia negra


Gostou do artigo? Então COMPARTILHE!!


Mergulho Interior


Deixe uma resposta