Como ver o mundo espiritual? Aprenda agora!

O ser humano sofre com uma grande variedade de influências do mundo espiritual, sendo bombardeado por estímulos que o afetam seu corpo, mente e emoções. Assim, as pessoas se questionam sobre a natureza dessas influências, desejando ver com seus próprios olhos o mundo espiritual e seus habitantes. Mas como ver o mundo espiritual? Será que isso é possível? Continue lendo este artigo e descubra!

O que é o mundo espiritual?

Como ver o mundo espiritual

Mundo espiritual é um nome comumente dado à totalidade de planos espirituais onde residem os espíritos ou entidades espirituais. Porém, esse nome é muito amplo e pode designar diversos mundos e planos de consciência onde residem as entidades espirituais.

Afinal, as entidades espirituais tendem a se agrupar em planos de acordo com seu devido grau de “vibração”, então é razoável afirmar que existem diversos mundos ou planos espirituais, um para cada tipo de espírito, qualidade ou vibração espiritual.

Assim, espíritos mais densos tendem a se encontrar em planos espirituais diferentes dos mundos espirituais onde residem os espíritos de vibração mais elevados. Portanto, não temos como dizer que o mundo espiritual relatado por um espírito em particular é válido para todos os outros.

Esses mundos espirituais nada mais são do que planos onde residem as entidades espirituais de acordo com a sua qualidade vibratória, podendo existir inúmeros mundos com aparências e características diferentes. Assim, cada espírito pode relatar um mundo espiritual diferente e condizente com sua própria consciência.

Como é o mundo espiritual?

Como ver o mundo espiritual

Como dissemos anteriormente, o mundo espiritual como um todo possui uma infinidade de planos espirituais, cada plano correspondendo à qualidade vibratória das entidades que ali habitam.

Portanto, não podemos dizer qual a aparência do mundo espiritual em sua totalidade, mas podemos especular sobre a aparência de alguns mundos espirituais. Vamos começar então pela descrição de um mundo espiritual onde residem espíritos “felizes” e de vibração alegadamente mais elevada retirada do livro “O Céu e o Inferno”, de Allan Kardec.

Leia também:  Como se concentrar para incorporar entidades

“O que é a felicidade terrena comparada à que desfruto aqui? Esplêndidas festas terrenas em que se ostentam os mais ricos paramentos, o que são elas comparadas a estas assembleias de Espíritos resplendentes de brilho que as vossas vistas não suportariam, brilho que é o apanágio da sua pureza? Os vossos palácios de dourados salões, que são eles comparados a estas moradas aéreas, vastas regiões do Espaço matizadas de cores que obumbrariam o arco-íris?! Os vossos passeios, a contados passos nos parques, a que se reduzem, comparados aos percursos da imensidade, mais céleres que o raio? Horizontes nebulosos e limitados, que são, comparados ao espetáculo de mundos a moverem-se no Universo infinito ao influxo do Altíssimo? E como são monótonos os vossos concertos mais harmoniosos em relação à suave melodia que faz vibrar os fluidos do éter e todas as fibras d`alma! E como são tristes e insípidas as vossas maiores alegrias comparadas à sensação inefável de felicidade que nos satura todo o ser como um eflúvio benéfico, sem mescla de inquietação, de apreensão, de sofrimento?! Aqui, tudo ressumbra amor, confiança, sinceridade: por toda parte corações amantes, amigos!”

Como podemos ver, segundo este relato do suposto espírito chamado “Paula”, a zona dos espíritos “felizes” possui características alegres, belas e sutis. Porém, se analisarmos uma zona mais densa, como o Umbral (muito explorado na literatura espírita), veremos uma imagem totalmente diferente.

A aparência de um mundo espiritual mais denso

mundo espiritual denso

O Umbral é dito como sendo um estado ou lugar transitório. Mas a noção popular o classifica como um plano ou mundo espiritual bastante denso, repleto de sofrimento e de espíritos obsessores ou outras classes de entidades apegadas à matéria, sendo um local extremamente melancólico.

Leia também:  Sintomas do despertar da mediunidade - Descubra quais são!

Essa imagem pode ser bastante romantizada pela noção que mistura sintonia espiritual com moralidade. Mas vamos evitar adentrar neste tipo de discussão. Apesar disso, podemos concordar que o umbral é um local cheio de sofrimento e melancolia.

Despertar Mediúnico

Afinal, ele supostamente estaria repleto de seres sofredores que ainda não conseguiram se desapegar consciencialmente da ilusão dos sentidos físicos, sofrendo por causa disso e se mantendo presos neste nível de consciência mais denso justamente pelo seu apego ao que é material.

Podemos dizer que esse mundo espiritual mais denso seria como uma espécie de cópia corrupta do mundo material, possuindo diversos elementos do mundo material de uma maneira levemente sutilizada, incluindo edifícios, animais, objetos, sensações e demais impressões psíquicas que refletem o que ocorre no mundo material.

Afinal, como ver o mundo espiritual?

Como ver o mundo espiritual

Para que uma pessoa possa ver o mundo espiritual e suas diversas ramificações, é necessário que ela possua faculdades interiores que permitam essa visão. Um exemplo de faculdade que poderia permitir a visão do mundo espiritual é a clarividência.

Porém, você não deve ficar chateada se você não possuir essas habilidades desenvolvidas, pois qualquer pessoa pode desenvolvê-las, bastando que a pessoa se dedique, pratique técnicas de desenvolvimento adequadas e tenha perseverança.

Aliás, você pode aprender como desenvolver a clarividência clicando neste link. Assim, de posse de algum tipo de mediunidade de vidência, uma pessoa pode vislumbrar o mundo espiritual e ter consciência dos diferentes planos espirituais contidos na totalidade espiritual do Ser.

Além disso, práticas meditativas que induzam estados alterados de consciência pode permitir que uma pessoa veja o mundo espiritual de uma maneira satisfatória e até mesmo podem servir para desenvolver essa faculdade mediúnica.

Leia também:  Mediunidade de psicografia sintomas

Ainda, o uso de alguns fármacos alucinógenos pode induzir esses vislumbres do mundo espiritual de uma forma momentânea, mas não são indicados pois trazem inúmeros malefícios em todos os aspectos, incluindo o espiritual.

Além disso, você vê o mundo espiritual todas as noites quando vai dormir. Durante o sono fisiológico a sua consciência se ausenta do corpo e passa por diversas aventuras no mundo espiritual. Estas aventuras são normalmente chamadas de sonhos.

Portanto, você vê o mundo espiritual todas as noites quando vai dormir! O grande segredo é desenvolver a capacidade de se lembrar dos seus sonhos, pois desta forma você poderá ter uma noção bacana do que você viu no mundo ou plano espiritual por onde você passou.

Uma forma interessante de desenvolver essa capacidade de rememoração das visões espirituais obtidas durante os sonhos é anotar os seus sonhos
em um diário logo ao acordar. Com o tempo essa prática fortalecerá as partes do seu cérebro envolvidas na lembrança dos sonhos.

Essa ligação entre o sono e o mundo espiritual é o que torna mais forte a ação dos espíritos obsessores durante o sono fisiológico. Pois enquanto a pessoa se encontra vagando pelo mundo espiritual mais denso, que é característico da grande maioria das pessoas que não faz uma limpeza psíquica antes de dormir e nem desenvolve sua espiritualidade, eles aproveitam para atacá-la com mais força.

Portanto, se você deseja ver o mundo espiritual e quer interagir com ele de uma forma mais ostensiva e consciente, desenvolva sua mediunidade e busque ser mais espiritual. Assim, você estará ciente da natureza dos mundos espirituais e se sintonizará com planos espirituais mais elevados, evitando cair nas garras dos espíritos obsessores.


Gostou do artigo? Então COMPARTILHE!!


Despertar Mediúnico


Deixe uma resposta