Como saber se sou médium – Descubra agora – Tipos de mediunidade

A mediunidade é a capacidade de sermos intermediários entre o plano físico e espiritual e se você tem a seguinte curiosidade: Como saber se sou médium? Ou se você deseja saber mais sobre os diversos tipos de mediunidade, você chegou ao lugar certo.




 

Se você sente em maior ou menor grau as energias ou vibrações espirituais, por definição, você é médium.

Segundo Allan Kardec todos os humanos são médiuns em maior ou menor grau de intensidade.

Usualmente se atribui o título de médium à uma pessoa que possui um tipo de mediunidade muito acentuada, mas não necessariamente desenvolvida.

O que significa ser médium? Como saber se sou?

Como saber se sou médium

Já mencionamos anteriormente que médium é todo aquele capaz de sentir as vibrações do plano espiritual.

Se você sente as vibrações do mundo espiritual, vê espíritos, vê auras, ouve vozes ou sente as energias muito provavelmente você é portador de mediunidade acentuada.

Existem diversos tipos de mediunidade e para que você possa ser bem sucedido na sua investigação sobre seus dons espirituais precisamos explicar os principais tipos para você.

 Tipos de mediunidade

 

  1. Médiuns Falantes – Incorporação
    Os médiuns falantes são os que têm a capacidade de servirem como instrumento para que os espíritos ou entidades espirituais possam se comunicar conosco utilizando os órgãos vocais do médium. Geralmente se chama de médium falante o médium que sofre incorporação e passa a falar sob influência direta do espírito comunicante.
  2. Médiuns Videntes
    Os possuidores da mediunidade de vidência conseguem ver espíritos, auras e energias mesmo quando acordados porém há os médiuns videntes que passam a ver as entidades quando em estado de leve relaxamento. Lembrando que esta capacidade quando não desenvolvida as visões podem se manifestar de maneira errática, ou seja, acontecer em intervalos irregulares de tempo dando a impressão de que foram simples alucinações esporádicas.
  3. Médiuns Audientes
    São os médiuns que podem ouvir vozes de espíritos e/ou outras entidades. Também pode ocorrer uma certa irregularidade nas percepções quando a habilidade ainda está pouco desenvolvida.
  4. Médiuns Curadores
    Este tipo de mediunidade consiste na capacidade de curar pessoas ou animais com a simples aplicação de passes, gestos, toques ou mesmo olhares sem fazer uso de nenhum medicamento.
  5. Médiuns Sensitivos
    Este tipo de médium é o que possui uma acentuada sensibilidade para as energias espirituais. Age como uma antena aberta para as frequências espirituais e sentem o que os espíritos sentem. Suas emoções, dores etc.
Leia também:  Sintomas do despertar da mediunidade - Descubra quais são!




 

Além destes 5 tipos principais de mediunidade existem outros diversos, recomendo a consulta ao Livro dos Espíritos de Allan Kardec para conhecer todos os tipos catalogados.

Agora que você já tem uma noção básica do que é mediunidade e dos tipos de mediunidade podemos passar a parte de sintomas para que você possa comparar os seus e ver se possui as características de um médium ostensivo.

Como saber se sou médium? – Sintomas Comuns

 

Sintomas físicos

  • Arrepios
  • Sensação de frio ou calor no corpo
  • Formigamento das mãos, pés ou pernas
  • Movimentos Involuntários na forma de espasmos musculares
  • Nó na garganta sem motivo aparente
  • Tonturas e enjoos
  • Bronquite
  • Sudorese excessiva nas mãos
  • Bocejos, falta de energia e sono constante


Sintomas cognitivos

  • Sensação de despersonalização (A vida parece um sonho )
  • Ansiedade e dificuldade de concentração
  • Visões de cenas de morte e acidentes violentos na tela mental
  • Explosão de raiva sem motivo aparente
  • Sensação de tristeza sem motivo aparente
  • Ouvir vozes
  • Ver espíritos ou auras
  • Sentir a energia ambiente na forma de cheiros ou sensação de peso
  • Premonições
  • Reconhecer facilmente quando uma pessoa está mentindo

Estes foram alguns dos sintomas mais comuns, existem diversos outros e o ideal é que seja feita uma autoanálise para que se chegue à conclusão de quais sintomas você tem ou não.

Lembrando que se você estiver se sentindo prejudicado por alguns destes sintomas é recomendável que busque ajuda médica para que seja afastada qualquer origem orgânica destes sintomas.




 

Se você possui a maiorias destes sintomas é bastante possível que você seja médium e necessite desenvolver suas capacidades mediúnicas para parar de sofrer com estes sintomas.

Sou médium, e agora?

Tipos de mediunidade

Agora é hora de começar a se conhecer melhor, preste atenção nesta sábia frase que foi escrita no Templo de Apolo em Delfos:

Conhece-te a ti mesmo

O autoconhecimento é o primeiro passo que um médium precisa fazer para que possa centralizar sua capacidade mediúnica para que pare de ser vítima das vibrações espirituais negativas e passe a fazer bom uso de suas faculdades mediúnicas.

Se você deseja parar de sofrer com os sintomas da mediunidade é extremamente necessário que você comece a meditar para aprender a acalmar os pensamentos superficiais e ai sim estar com sua visão interior mais lúcida para poder fazer bom uso das vibrações espirituais que chegam até você.

Existem diversos modos para equilibrar sua mediunidade, alguns vão lhe ajudar de uma maneira mais rápida e funcional e outros vão ser mais lentos. Para saber qual o melhor, você precisa percorrer estes caminhos e encontrar o caminho mais agradável para seu coração. Eu recomendo que você clique aqui e dê uma olhada neste ebook, ele pode lhe ajudar a equilibrar sua mediunidade.

Leia também:  O que o médium sente quando vai incorporar




Recomendo que você faça leituras e estude muito sobre o plano espiritual e sobre as potencialidades do ser humano para que consiga criar bases fundamentadas para sua prática espiritual.

Indicações de Leitura e estudos

Nesta seção do artigo te indicamos livros que podem ser de grande valia para os seus estudos sobre mediunidade e desenvolvimento psíquico.

  • Iniciação ao Hermetismo – Franz Bardon
    Este livro é sem dúvidas um ótimo guia prático de desenvolvimento psíquicos que pode contribuir bastante para todo estudante dos poderes latentes do ser humano.
    Este livro é um guia prático de desenvolvimento das capacidades latentes que todos nós temos mas que se tornam “adormecidas” por diversas razões. A mediunidade é uma destas capacidades que acabamos deixando adormecer por diversas razões..
  • Livro dos Médiuns (Allan Kardec)
    Este talvez seja o livro mais conhecido sobre a temática mediúnica. É uma leitura bastante dogmática porém é de grande valia para quem deseja obter mais informações sobre a mediunidade.
  • Técnica da Mediunidade (Carlos Torres Pastorino)
    Livro bastante técnico que explora de uma maneira muito interessante os aspectos da mediunidade de um ponto de vista bem detalhado.
  • Os Chakras (C. W. Leadbeater)
    Livro bastante interessante escrito por um dos mais famosos membros da sociedade Teosófica, Charles Webster Leadbeater, indispensável para iniciantes que desejam aprender mais sobre os Chakras.
  • Três Livros de Filosofia Oculta (Cornélio Agrippa)
    Livro de grande importância para quem quer se aprofundar no estudo das ciências ocultas. É um verdadeiro divisor de águas para quem deseja penetrar os véus da sabedoria oculta.

Estes foram somente alguns dos livros que podem ser de grande valia para você dar prosseguimento aos seus estudos. Existem muitos outros disponíveis para você na Internet.

Leia também:  Mediunidade de cura - como desenvolver?

Nesse caminho o mais importante é ter a cabeça aberta para novas ideias e se aprofundar em tudo o que desejar estudar.

Aproveite o que for bom e agradar o seu coração e ignore todo o resto. 

Existem muitos livros, muitas escolas e doutrinas diferentes. Cada uma vendendo sua própria visão como a correta e no meio de tanta opinião divergente somente nós somos capazes de ao nos voltarmos para nós mesmos, percebermos o que nos serve como verdade e o que não nos serve.

Se você ainda tem alguma dúvida sobre o desenvolvimento da mediunidade recomendo que leia este artigo do nosso blog:

Como desenvolver a mediunidade sozinho

A mediunidade é uma capacidade linda e que se for bem trabalhada pode te ajudar imensamente na caminhada evolutiva.

Recomendo fortemente que você se dedique mais à sua prática espiritual e se for possuidor de mediunidade ostensiva é recomendado que trabalhe a mesma em seu favor.

Cadastre-se e receba novidades por email!

A mediunidade bem desenvolvida pode trazer imensa grandeza espiritual para o médium mas principalmente pode trazer imensa grandeza espiritual para as pessoas ao redor do médium.




 

Você pode se interessar nestes outros artigos que preparamos com carinho para você:

Como desenvolver a clarividência 

Como ativar a Glândula Pineal

Como desenvolver a espiritualidade

Como desenvolver a mediunidade de cura

Como desfazer magia negra

Arrepios no couro cabeludo – Mediunidade?


Gostou do artigo? Então COMPARTILHE!!