Aprenda como evoluir espiritualmente com estas 7 dicas incríveis

Muitas pessoas tem como única prioridade na vida a satisfação das paixões carnais e a obtenção do prazer material. Porém, para quem acredita que o ser humano é muito mais do que um amontoado de matéria, crescer e evoluir espiritualmente é a verdadeira prioridade. Assim, essas pessoas se questionam como evoluir espiritualmente mas nem sempre encontram a resposta.

Essa dificuldade em encontrar uma resposta é natural e tem origem na própria percepção que as pessoas tem sobre si mesmas, sobre Deus e o Universo. Afinal, a realidade espiritual é percebida de maneira individual, sendo compreendida de diferentes maneiras por cada uma dessas pessoas.

Por esta natureza individual do caminho espiritual, o que serve para uns pode não servir para outros. Por isso, podemos dizer que o caminho mais indicado para sua evolução espiritual é aquele que você mesmo cria para si.

Este caminho espiritual precisa ser percebido e construído gradualmente com base nas percepções espirituais que emanam diretamente do seu Coração, pois este é um caminho autêntico que se alinha totalmente com o que há de mais divino em você mesmo.

Portanto, neste artigo não lhe daremos uma receita de bolo de evolução espiritual. Pelo contrário, lhe ensinaremos como evoluir espiritualmente usando como base a sua própria realidade interior e espiritual.

E a melhor maneira de lhe ensinarmos sobre a evolução espiritual é lhe dando dicas, pois desta maneira você poderá encontrar seu próprio caminho, dispensando a necessidade de se apegar à dogmas e sistemas religiosos que podem limitar e atrasar seu crescimento.

1 – Pense por si mesmo e assuma a responsabilidade sobre sua vida

Atualmente, viver de forma automática se tornou regra. Somos ensinados desde crianças a lutar uns contra os outros por coisas que não queremos nem precisamos. Ideias e necessidades foram colocadas em nossas cabeças sem que nos fosse perguntado o que nós realmente queríamos.

Assim, crescemos em busca de empregos, conquistas materiais ou relacionamentos amorosos sem nos questionarmos se isso é realmente o que queremos. Afinal, se nos foi dito que deveríamos agir assim e se todo mundo busca as mesmas coisas, este deve ser o certo a se fazer, não é mesmo? Errado!

Devemos nos questionar constantemente se estamos agindo guiados por nosso próprio Espírito ou se estamos seguindo pela cabeça dos outros. Devemos constantemente nos perguntar se o que estamos fazendo é o que realmente nos deixa felizes e se é isso o que nosso Espírito realmente deseja.

Leia também:  Se sentir mal na presença de outra pessoa: Será espiritual?

Quando não fazemos isso, caímos nas diversas situações da vida que nos levam ao sofrimento desnecessário. Muitas pessoas foram ensinadas a só querem da vida um bom emprego, um bom parceiro sexual, uma boa casa e um carro do ano.

Então, seguindo nesta busca que não reflete seus desejos interiores, se vêem constantemente em empregos tóxicos, em relacionamentos desastrosos e imersos em uma futilidade material que os torna cada vez mais ansiosos e deprimidos, sentindo um terrível vazio espiritual e existencial.

Portanto, reflita sobre si mesmo, reflita sobre sua vida e, quando fizer isso até obter respostas satisfatórias, assuma responsabilidade sobre si mesmo e comece a viver a vida que você realmente quer para si. Esqueça o que está na moda, foque no que você realmente ama.

2 – Procure a Luz dentro de si mesmo

Como dito anteriormente, estamos tão focados em perseguir coisas externas que esquecemos de prestar atenção em nós mesmos. Estamos olhando muito para fora e deixando de perceber o que ocorre em nossa própria mente, emoções, corpo e Espírito.

A boa notícia é que esse problema tem como ser revertido e o melhor remédio para isso é a prática de meditação. Portanto, medite diariamente, mesmo que seja só por alguns poucos minutos. O importante é que você comece a se conectar e conhecer sua realidade interior.

Ao meditar, você ficará surpreso com a enorme quantidade de pensamentos que atravessam sua mente o tempo todo sem que você se dê conta. Você perceberá detalhes sobre si mesmo e entrará em contato com sua própria verdade, encontrando sua luz interior.

Esta Luz será seu guia interior, será o farol que lhe guiará no caminho que permitirá que você consiga evoluir espiritualmente de maneira satisfatória. Evoluir espiritualmente é um trabalho interior e solitário, mas os frutos deste trabalho são doces e alimentarão sua alma.

Se você não saber como meditar, fique tranquilo, pois em nosso site existem diversos artigos sobre meditação. Você pode encontrar estes artigos sobre meditação clicando neste link. Então, não há desculpas para não meditar.

3 – Encare todos os desafios como lições divinas e oportunidades de evolução espiritual

Muitos desafios nos são apresentados todos os dias e costumamos enxergá-los sempre sob a ótica da negatividade. Se temos um problema no trabalho ou se uma pessoa nos trata mal, costumamos nos focar naquele sentimento negativo que surge. Assim, nos perdemos em meio à raiva, à frustração e ao desânimo, deixando de evoluir espiritualmente.

Mergulho Interior

Porém, quando enxergamos os desafios como lições divinas, podemos perceber que eles são grandes oportunidades de desenvolvimento e evolução espiritual. Os problemas trazem à tona questões que nos fazem mal mas que não percebemos conscientemente.

Leia também:  Defumação com pó de café: Limpeza Espiritual | Aprenda como fazer!

Então, sempre que alguém lhe tratar mal, use a situação para exercitar sua empatia. Tente compreender que a pessoa pode estar passando por dificuldades ou simplesmente entenda que ela está agindo assim por pura ignorância intelectual, psicológica e espiritual.

E sempre que você tiver problemas no trabalho, encare como uma oportunidade de se tornar um melhor profissional. Afinal, tudo na vida tem seu lado bom e seu lado ruim.

Cabe a você a decisão de usar as pedras no seu caminho para construir sua escada rumo aos céus ou para construir sua passagem rumo ao seu inferno pessoal (repleto de sofrimento, raiva e arrependimento).

Abordamos bastante este assunto neste artigo que fala sobre os momentos difíceis. Recomendo que você leia, pois explicamos a fundo como você pode enxergar as lições divinas e as oportunidades ocultas nos momentos difíceis da vida para desenvolver sua espiritualidade.

4 – Assuma a responsabilidade sobre seu estado espiritual

Entenda que a responsabilidade sobre seu estado espiritual é somente sua. Afinal, ninguém pode lhe ferir em seu íntimo sem que você permita. Como dissemos anteriormente, somos bombardeados diariamente com desafios, porém, a decisão de usá-los para nosso crescimento ou para nossa destruição é somente nossa.

Entenda que você não controla as ações das pessoas, você não controla o mundo e você jamais controlará as situações que lhe serão apresentadas durante a vida. Então, a única coisa que você pode controlar é a sua reação é o modo como você percebe essas situações externas.

Por isso, faça esforços para desenvolver em si mesmo a capacidade de se tornar espiritualmente blindado contra fatores externos. Desenvolva suas capacidades espirituais latentes, faça esforços de autoconhecimento e assuma o domínio sobre suas emoções.

Se alguém lhe ofendeu, tente perdoar e procure compreender porque você se sentiu ofendido. Então, da próxima vez que alguém lançar palavras venenosas contra você, use o seu autocontrole emocional e o seu poder racional para afastar os pensamentos negativos e não se sentir ofendido ou afetado negativamente.

5 – Reconheça, aceite e transforme seu lado sombrio em Luz

Procure identificar em si mesmo quais são seus defeitos, quais são os segredinhos sujos que você não gosta de assumir nem para si próprio. Traga estas tendências para a Luz da sua razão e, após reconhecê-las, aceite que você possui essas tendências.

Então, após aceitar que você não é perfeito e ainda tem muito a evoluir espiritualmente, faça esforços para transformar o seu lado sombrio em uma fonte de poder e luminosidade que lhe ajudarão no desenvolvimento da sua espiritualidade.

Para ilustrar melhor, vamos utilizar o exemplo da pessoa que é muito violenta. Ela reconhece que tem esse ímpeto violento dentro de si, então ela pode tomar a decisão de aceitar e usar isso ao seu favor.

Leia também:  Quando sonhamos com alguém, essa pessoa também sonha conosco?

Então, ao invés de usar a violência negativa que machuca e destrói, ela pode se esforçar para usar essa violência de uma forma positiva, transformando-a em determinação e energia em suas atividades.

O mesmo se aplica para todas as espécies de sentimentos e tendências humanas. Quando você consegue fazer essa transmutação em si mesmo através do autoconhecimento, você se torna detentor de um poder espiritual que nem imaginava possuir.

6 – Transforme todas as suas ações em práticas espirituais

Encare todas as suas ações como atos que refletem sua realidade espiritual. Afinal, tudo o que ocorre no plano material é um simples reflexo do que ocorre no mundo espiritual.

Portanto, se você estiver trabalhando, procure trabalhar com sentimentos elevados, dedicando seu trabalho ao seu crescimento e evolução espiritual. Assim, um pedreiro, por exemplo, pode transformar a construção de uma casa em um exercício de construção de um edifício no plano espiritual que auxiliará os moradores a terem uma vida plena e feliz.

Um escritor pode enxergar a elaboração de um texto como a elaboração de um material que irá afetar a mente, as emoções e a atmosfera espiritual das pessoas de uma forma positiva. Um pintor poderá encarar suas telas como portais espirituais para o coração do homem se conectar ao coração de Deus.

Enfim, inúmeros são os exemplos de aplicação de atividades aparentemente materiais em rituais com significado espiritual. Cabe a você exercitar sua imaginação e encontrar um sentido para cada coisa que você fará em sua vida. Essa prática exercitará sua percepção espiritual e irá lhe ajudar bastante a evoluir espiritualmente.

7 – Interprete a natureza, as artes e as escrituras sagradas com seu Coração

Sempre procure uma mensagem oculta por trás de cada coisa, tentando ler com o coração esta mensagem. Tudo possui uma contraparte espiritual, um significado simbólico e um significado literal.

Uma borboleta, por exemplo, é uma simples criatura viva mas ao mesmo tempo é um símbolo de transformação. Uma parábola bíblica é ao mesmo tempo uma fonte de conhecimento literal e uma fonte de conhecimento espiritual.

Um filme, um seriado televisivo, uma música ou uma pintura são simples peças estéticas com o objetivo de entreter nossa mente objetiva. Porém, se olharmos e procurarmos compreendê-las com nosso coração, perceberemos que elas são fontes incríveis de lições intelectuais, emocionais e espirituais.

Portanto, exercite sua capacidade de se manter sensível às realidades ocultas e espirituais que estão por trás da natureza, das artes, das escrituras sagradas e das situações. Agindo assim, você não somente aproveitará melhor todas essas coisas como também avançará no caminho da evolução espiritual de forma muito mais veloz.


Gostou do artigo? Então COMPARTILHE!!


Mergulho Interior


Deixe uma resposta