Uma pessoa amarrada pode se apaixonar por outra pessoa? Descubra agora!

As inúmeras dificuldades nos relacionamentos amorosos leva muitas pessoas a procurarem soluções nos feitiços de amor, como a amarração amorosa. No entanto, quem amarra pode se decepcionar, principalmente quando a vítima da amarração se apaixona por outra pessoa. Mas afinal, uma pessoa amarrada pode se apaixonar por outra pessoa sem ser quem a amarrou? Descubra agora!

O que é amarração amorosa?

A amarração amorosa é um tipo de feitiço de amor que possui inúmeras definições e métodos, mas que consiste basicamente em um feitiço que visa ligar amorosamente uma pessoa à outra por vias espirituais artificiais.

Cada tradição que trabalha com a amarração amorosa terá um método próprio. Por isso, este feitiço varia muito de sacerdote para sacerdote, podendo ser realizado de formas muito diferentes.

A grosso modo, podemos dizer que os objetivos da amarração amorosa incluem subjugar a vontade da vítima, fazendo com que ela fique apaixonada, obcecada, interessada sexualmente ou que não pare de pensar na pessoa que fez a amarração.

Como a amarração amorosa funciona?

Para quem acredita neste tipo de feitiço, seu modo de funcionamento ocorre no plano espiritual, onde entidades e forças espirituais atuam para “fazer a cabeça” da vítima, criando uma espécie de paixão artificial pela pessoa que solicitou ou fez a amarração.

Como dissemos antes, os métodos podem variar bastante, incluindo a realização de um feitiço de separação de casal antes mesmo do feitiço de amarração ser feito. Seja como for, a ação deste feitiço ocorre no âmbito espiritual da vítima.

Leia também:  8 ciclos da amarração amorosa: conheça agora!

Os efeitos do feitiço de amarração podem ser experimentados na forma dos seguintes sintomas:

Mergulho Interior

  • Pensamento fixo na solicitante da amarração
  • Sonhos sexuais com a pessoa que fez a amarração amorosa
  • Perda do apetite e sono
  • Depressão, ansiedade e inquietude
  • Falta de vontade para resistir aos pensamentos obsessivos
  • Paixão doentia pela pessoa que fez a amarração
  • Vícios, mudanças súbitas de comportamento, ciúmes e violência

Além destes, muitos outros sintomas podem ser experienciados. Isto varia de pessoa para pessoa. Mas no geral, a pessoa amarrada se sente muito mal e não consegue ficar longe de quem a amarrou.

Afinal, uma pessoa amarrada pode se apaixonar por outra pessoa?

Sim, uma pessoa amarrada pode se apaixonar por outra pessoa. Assim, apesar de todos esses efeitos, existem casos onde o feitiço de amarração não funciona e a vítima acaba se apaixonando por outra pessoa ou se mantém firme em seus relacionamentos amorosos existentes.

Muitos podem ser os motivos para isto ocorrer, incluindo erros no procedimento da amarração, o estado de proteção espiritual da vítima e até mesmo a falta de firmeza de quem fez a amarração. Falamos muitos sobre isso neste artigo onde explicamos porque uma pessoa amarrada se afastou de quem fez a amarração.

Se a pessoa amarrada pode se apaixonar por outra, a amarração amorosa vale a pena?

Este tipo de recurso pode não ser a melhor escolha para quem quer ser feliz em sua vida amorosa. Pois mesmo que ele funcione e dê certo no curto prazo, a pessoa pode não ficar feliz no fim das contas.

Além disso, existem muitos charlatões neste área. Por outro lado, todo tipo de magia negra pode acarretar em resultados inevitáveis e terríveis para quem fez a amarração.

Leia também:  Como Desfazer Macumba Imediatamente - Aprenda Agora!

Portanto, antes de recorrer à este tipo de feitiço de amarração, é importante analisar se isso realmente é necessário ou se você está pronta para lidar com as consequências.

Por fim, recomendamos que todo feitiço que visa interferir no livre arbítrio alheio seja evitado, pois serve para atrasar o progresso espiritual de ambos os envolvidos.


Gostou do artigo? Então COMPARTILHE!!


O site Espiritualidade Divina é um projeto que visa trazer mais espiritualidade ao mundo através do conhecimento. Afinal, em meio a todo o ceticismo que ronda a sociedade atual, os temas espiritualistas devem ser colocados em pauta visando a evolução da humanidade.


Deixe uma resposta