Paralisia do sono é sinal de mediunidade? Descubra agora!

A paralisia do sono pode proporcionar experiências incríveis para as pessoas, permitindo até mesmo visões de espíritos, anjos, demônios e outras criaturas espirituais. Diante deste tipo de fenômeno espiritual, muitos se questionam se a paralisia do sono é sinal de mediunidade ou se é algo que ocorre com todas as pessoas.

A resposta para esta pergunta exige maiores explicações sobre a paralisia do sono, sobre a mediunidade e sobre as diferentes sensações e visões que a pessoa experimenta durante o fenômeno da paralisia do sono.

O que é mediunidade?

Paralisia do sono é sinal de mediunidade

Para falar de mediunidade não podemos deixar de levar em consideração a definição de Allan Kardec, que cunhou esse termo e colocou em evidência este fenômeno com sua Doutrina Espírita.

Segundo Allan Kardec, o codificador da doutrina espírita, a mediunidade é a faculdade que nos capacita sentir em maior ou menor grau a influência dos espíritos.

“Todo aquele que sente, num grau qualquer, a influência dos Espíritos é, por esse fato, médium.” (Allan Kardec, O Livro dos Médiuns, capítulo XIV).

Ou seja, a mediunidade é a capacidade de uma pessoa sentir a influência dos espíritos ou dos demais seres habitantes do mundo espiritual. Portanto, se alguém consegue captar com seus sentidos físicos ou metafísicos a realidade espiritual à sua volta, esta pessoa é, por definição, médium.

Além disso, no mesmo capítulo do Livro dos Médiuns, Kardec complementa sobre a faculdade mediúnica e sua natureza:

“Essa faculdade é inerente ao homem. Por isso mesmo não constitui privilégio e são raras as pessoas que não a possuem pelo menos em estado rudimentar. Pode-se dizer, pois, que todos são mais ou menos médiuns. “

Então, partindo do ponto de vista de que as afirmações acima são verdadeiras, concluímos que todos os seres humanos são médiuns, variando somente nos tipos de mediunidade e no grau de sensibilidade espiritual de cada um.

Leia também:  Como saber se sou sensitiva? Descubra agora!

O que é paralisia do sono?

Paralisia do sono é sinal de mediunidade

A experiência da paralisia do sono é bastante comum e, segundo estatísticas, praticamente todas as pessoas irão experimentar esse fenômeno ao menos uma vez na vida.

A paralisia do sono não é motivo para preocupação, não oferecendo perigo para a vida das pessoas durante sua ocorrência e nem podendo levar ninguém a óbito por causa dela. Então, se você tem medo e acha que a paralisia do sono pode matar, fique tranquila.

Mas apesar disso, vale a pena procurar ajuda médica especializada no caso de você estar enfrentando momentos frequentes de paralisias do sono para afastar qualquer possibilidade de doença.

A explicação científica para a paralisia do sono é a seguinte: A paralisia do sono consiste em um período de incapacidade do ser humano realizar movimentos voluntários no corpo, ocorrendo quase sempre durante o sono REM ao despertar do sono fisiológico ou logo ao adormecer.

Durante a paralisia do sono a pessoa pode acordar mas seu corpo permanece paralisado por causa de um mecanismo de defesa do nosso corpo (atonia REM). A Atonia é uma forma do corpo nos proteger e evitar que consigamos nos movimentar conforme as situações que vivenciamos em nossos sonhos.

Mergulho Interior

Ela evita que, por exemplo, saiamos correndo enquanto sonhamos que estamos correndo, o que representaria um grande perigo para nossa sobrevivência. Essa incapacidade da pessoa movimentar o próprio corpo é uma experiência que pode causar pânico, fazendo as pessoas pensarem até mesmo que morreram ou que estão sendo sufocadas ou atacadas por algum ser espiritual.

Isso acontece porque durante a paralisia, algumas pessoas podem ter visões espirituais por causa delas estarem em um estado intermediário entre o sono e a vigília, tendo visões de seres espirituais como espíritos desencarnados e demais entidades.

Leia também:  Como se concentrar para incorporar entidades

Qual a relação entre mediunidade e paralisia do sono?

relação entre paralisia do sono e mediunidade

Como falamos anteriormente, mediunidade é a capacidade de uma pessoa sentir em maior ou menor grau a influência dos espíritos. Então, ao analisar o fenômeno da paralisia do sono, podemos ver que muitas pessoas sentem a influência dos espíritos em maior ou menor grau durante suas paralisias do sono.

A despeito de muitas coisas vistas durante a paralisia do sono serem alucinações hipnagógicas, muitas das visões refletem a realidade espiritual que cerca a pessoa paralisada. Portanto, a paralisia do sono em que ocorrem visões de espíritos é um fenômeno mediúnico.

Então, a relação entre a paralisia do sono e a mediunidade é bastante evidente: A paralisia do sono possibilita uma intensa sensibilidade espiritual momentânea, permitindo que as pessoas interajam com espíritos e com sua própria realidade espiritual.

Afinal, paralisia do sono é sinal de mediunidade?

Paralisia do sono é sinal de mediunidade

Durante o sono, os laços espirituais que prendem a alma do ser humano no corpo físico ficam bastante suavizados, liberando a alma para vagar e perceber de forma bastante tranquila a realidade dos planos espirituais.

Este fato é chamado de emancipação da alma na Doutrina Espírita (Espiritismo) de Allan Kardec. Então, com os laços suavizados, a realidade espiritual pode ser apreendida mais facilmente pela pessoa.

Assim, quando uma pessoa experimenta uma paralisia do sono, ela está em um estado intermediário entre os planos espirituais e o plano físico, podendo ver ambas as realidades, sendo médium de grande sensibilidade momentaneamente.

Porém, o simples fato de uma pessoa ter paralisias do sono não é fator determinante para ela ser considerada como médium ostensiva. Afinal, a paralisia do sono pode ser causada por estresse, padrão de sono irregular, sono insuficiente, uso de estimulantes e perturbações orgânicas.

Leia também:  Sinais de espíritos por perto - Aprenda a identificar!

Portanto, se você possui paralisias do sono frequentes, vale a pena checar se está dormindo bem, se está estressado e procurar ajuda médica para descobrir se existe alguma doença por trás deste fenômeno.

No caso de você suspeitar que suas paralisias são de origem mediúnica, então estude a possibilidade de desenvolver sua mediunidade e cuidar melhor da sua vivência espiritual.

O correto desenvolvimento mediúnico pode reduzir seu sofrimento com os sintomas da mediunidade reprimida, além de permitir que você domine uma capacidade que pode ser muito útil para seu crescimento pessoal.

Dessa forma, você terá muito mais liberdade espiritual e poderá cumprir sua jornada da atual encarnação com grande equilíbrio e serenidade. Assim, você deixará de ser vítima da influências de espíritos ou outras entidades densas, podendo ter uma vida mais espiritualizada e serena.


Gostou do artigo? Então COMPARTILHE!!


Mergulho Interior


Deixe uma resposta