Como saber se sou médium de incorporação

A mediunidade de incorporação é uma capacidade fascinante, permitindo que espíritos desencarnados e pessoas encarnadas interajam no plano material através de médiuns. Assim, com essa mediunidade, muitas questões sobre a natureza espiritual podem ser respondidas. Por isso, com tantos benefícios, muitas pessoas se questionam: “Como saber se sou médium de incorporação?“. Se você quer saber a resposta para essa pergunta, continue lendo esse artigo!

No artigo de hoje você irá aprender como saber se você é médium de incorporação. Esta dúvida é bastante comum entre as pessoas em geral, mas é mais comum entre estudantes espiritualistas.

Portanto, nesse artigo você irá aprender quais os sintomas característicos desse tipo de mediunidade. Além disso, você aprenderá um pouco mais sobre essa incrível capacidade que permite o intercâmbio espiritual entre pessoas e espíritos desencarnados.

Mediunidade de incorporação – Características Gerais

Como saber se sou médium de incorporação

A mediunidade de incorporação é a capacidade de médiuns cederem momentaneamente o controle de seus corpos para que entidades espirituais possam realizar comunicações, curas ou outros ações.

Dessa forma, o médium é utilizado como uma ferramenta capaz de permitir que os espíritos desencarnados possam realizar movimentos, emitir sons e realizar atividades no mundo material.

É importante deixar claro que em um transe mediúnico de incorporação, o espírito não “entra” no médium. Assim, apesar do nome da mediunidade, não ocorre uma incorporação literal do espírito no médium.

O que ocorre na mediunidade de incorporação é um acoplamento áurico entre o espírito comunicante e o médium, criando uma ligação e uma relação energética de sugestão entre ambos.

Essa ligação permite que o espírito manipule algumas partes do corpo do médium, sendo capaz de experienciar sensações corpóreas e interagir no mundo material.

Leia também:  Mediunidade olfativa e auditiva - sintomas

Algumas linhas espiritualistas afirmam que o espírito comunicante se acopla na aura do médium e o controla através dos Chacras, utilizando momentaneamente as funções motoras do corpo da pessoa.

Isso permite que o espírito realize diversas atividades, dependendo de seus objetivos, incluindo a comunicação com pessoas e sessões de cura. Assim, todas as atividades podem ser realizadas de uma forma bastante funcional. Esse tipo de mediunidade é muito explorado em religiões que tem grande foco na lida com espíritos desencarnados.

Existem três tipos principais de mediunidade de incorporação

  1. Mediunidade de incorporação inconsciente
    Na incorporação inconsciente o médium não tem noção do que está ocorrendo durante a comunicação mediúnica. Durante o transe inconsciente, é como se o médium entrasse em um sono profundo, só despertando quando a comunicação é finalizada e o espírito comunicante para de controlar seu corpo.
  2. Mediunidade de incorporação consciente
    Na incorporação consciente o médium  tem completa noção do que está se passando com ele, não perdendo a consciência em nenhum momento. Assim, ele se lembra de toda a incorporação, podendo se questionar se estava ou não incorporado.
  3. Mediunidade de incorporação semiconsciente
    Na mediunidade semiconsciente o médium experimenta momentos de inconsciência ou confusão, mas ainda assim se mantém consciente na maior parte do tempo.

Como saber se sou médium de incorporação?

Para saber se você é médium de incorporação, o ideal é que você observe os seguintes sintomas e veja se sente alguns deles. Apesar de existir um padrão de sintomas, toda mediunidade varia de pessoa para pessoa. Portanto, tudo deve ser analisado de uma perspectiva bastante pessoal. Os seguintes sintomas podem indicar que você é médium de incorporação:

Leia também:  Sintomas do despertar da mediunidade - Descubra quais são!
Despertar Mediúnico
  • Calafrios inexplicados
  • Tonturas, enjoos e sensação de nó na garganta sem explicação
  • Coração acelerado mesmo em estado de relaxamento
  • Ouvir vozes e ver vultos (Sintoma bem comum em médiuns em geral mas presente em médiuns de incorporação)
  • Sensação de frio e calor inexplicáveis
  • Sonambulismo, paralisias do sono
  • Movimentos involuntários das mãos ou do corpo em geral
  • Suor excessivo nas mãos (Costuma ser um sintoma de mediunidade de incorporação e de cura)
  • Sensação de peso nas costas/ombros
  • Formigamentos no corpo muito acentuado nas mãos
  • Mudança temporária de personalidade 
  • Sintomas característicos da entidade que se aproxima, incluindo sensações físicas e emocionais (exemplo: algumas dores ou vontade de chorar) 
  • Medo, ansiedade, confusão mental, perda de consciência
  • Pressão em algumas partes do corpo, sensação de ser tocada

Se você tem algum dos sintomas listados, é importante que você procure um médico para investigar se existe alguma doença que cause estes sintomas. Assim, somente após descartar esta possibilidade você deve interpretar a questão do ponto de vista espiritual.

Se você possui a maioria dos sintomas listados, é bem provável que você seja um médium de incorporação, necessitando de desenvolvimento e educação mediúnica. Dessa forma você diminuirá os inconvenientes da mediunidade reprimida e sofrerá menos com as influências espirituais.

Se desejar, você pode desenvolver sua mediunidade em algum centro espírita, umbandista ou mesmo sozinho com práticas esotéricas. O desenvolvimento mediúnico permite que você domine suas capacidades naturais e passe a utilizá-la para seu crescimento e fortalecimento espiritual.

Caso você tenha interesse em saber como desenvolver sua mediunidade sozinho, você pode ver este artigo que temos aqui no blog tratando deste assunto: Como desenvolver a mediunidade sozinho. Além disso, se você ainda tiver dúvidas se é médium de incorporação, veja este artigo onde falamos o que um médium sente quando vai incorporar.

Leia também:  Sonhar e acontecer é mediunidade?

Você pode se interessar nestes outros artigos que preparamos com carinho para você:

Como saber se sou medium

Como desenvolver a clarividência

Como ativar a Glândula Pineal

Como desenvolver a espiritualidade

Como desenvolver a mediunidade de cura

Como desfazer magia negra

Arrepios no couro cabeludo – Mediunidade?


Gostou do artigo? Então COMPARTILHE!!


Despertar Mediúnico